Translate

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Resistência ao crescimento VI




Resistência ao crescimento VI


Enquanto o trabalho for visto como um castigo ou uma maldição ou um mal necessário, não haverá possibilidade de progresso e crescimento.


Esperar dar 17 horas com ansiedade, chegar sexta-feira ou detestar a segunda-feira, é o sentimento que impedirá progredir. 


Qual é o sentimento que se está emanando? Que gosta do trabalho ou que detesta?


Isso tudo faz parte da filosofia de vida da pessoa. É indispensável ver o trabalho como uma oportunidade de crescimento pessoal, de desenvolver as habilidades que tenha e adquirir outras, de expandir a personalidade e explorar todo o potencial.


As consequências de detestar o trabalho aparecerão logo. Perda de emprego, má remuneração, não promoção, sem outras ofertas de trabalho, etc. E isso tudo levará inevitavelmente a dívidas. Se não ganha é óbvio que o caminho mais curto é fazer dívidas. E dívidas são o caminho mais curto para a escravidão e a perda da independência pessoal.


É preciso ter alegria quando chega a segunda-feira, amanhece para trabalhar e dar o melhor de si no trabalho qualquer que seja ele.


E fazer o que é certo da primeira vez. Não há necessidade de fazer a mesma coisa duas ou três vezes até acertar. É preciso ter o sentimento do estado da arte. Fazer do trabalho uma arte.


Entrar em fluxo com o Todo durante o trabalho. Fechando o foco no que está fazendo o tempo todo.


E nunca prejudicar ninguém com o próprio trabalho. Seguir o que Sócrates ensinou a vida inteira. Caso a pessoa ache que não dá para seguir Sócrates, ela pode ter certeza de que tem sérios problemas de crenças. E toda crença atrai inevitavelmente a realidade para ela. Toda crença vira realidade mais cedo ou mais tarde. A única forma de viver bem é fazer o que Sócrates fazia. Nunca prejudicar ninguém. 


Um funcionário, uma empresa ou um país em que a maioria absoluta esteja imbuída destes sentimentos terá progresso extraordinário e felicidade duradoura. 


A rejeição ao trabalho, achando que o trabalho é coisa de escravos, de indígenas, de trabalhos forçados nos gulags, nas plantações de algodão, nos moinhos de açúcar, nas fábricas de trabalho escravo de hoje em dia, levará com certeza à infelicidade, à miséria, ao crime, à fuga da realidade, etc.


Todos que querem progredir devem analisar profundamente o sentimento que tem sobre o trabalho.

Hélio Couto

Nenhum comentário:

Postar um comentário


ATENÇÃO

Videos editados I

Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores

mecânica quântica (141) crenças (88) prosperidade (49) como criar prosperidade (43) auto-sabotagem (26) consciência (25) centelha divina (24) arquétipos (22) resistência ao crescimento (22) canalização (21) ego (21) dinheiro (19) sistema de crenças (19) crenças que criam prosperidade (17) dívidas (17) co-criador consciente (16) igreja cristã de aton (16) aurora dourada de uma nova era (15) 2012 (14) depois de 2012 (14) realidade última (14) economia (13) expansão de consciência (12) mandala do lírio (12) relacionamentos afetivos (12) experimentos da mecânica quântica (11) iluminação espiritual (11) 21 de dezembro de 2012 (10) a verdade e a liberdade do lírio (10) espiritualidade (10) extraterrestres (10) gerenciamento quântico (10) revolucionário quântico (10) Deus (9) Leitura (9) colapso da função de onda (9) negócios quânticos (9) protocolo de relacionamentos (9) zona de conforto (9) a teoria do caos (8) poder divino criativo (8) somatização (8) O amor do lírio (7) a bioquímica do amor (7) catarse (7) ciência e espiritualidade (7) cérebro reptiliano (7) o equilíbrio de nash (7) transferência de consciência (7) ansiedade (6) preconceitos (6) tabus (6) efeito zenão (5) experimento da fenda dupla (5) líria (5) medo (5) o mestre (5) outras dimensões (5) vida após a morte (5) a evolução do processo da rh (4) eletro-magnetismo (4) fenda dupla (4) magia (4) protocolo (4) agenda reptiliana (3) as chaves de nefertiti (3) as máscaras de Deus (3) atendimento (3) contabilidade cósmica (3) educação (3) energia sexual (3) estado de consciência (3) eu sou (3) manifesto quântico (3) pnl (3) suicídio (3) traumas (3) vácuo quântico (3) yin yang (3) a criança índigo (2) arqueologia secreta (2) causa e efeito (2) depressão (2) nefertiti (2) osho (2) princípio da incerteza (2) mensagem de Líria (1) mensagem do pai (1) realidades paralelas (1)