sábado, 16 de junho de 2018

Sistema de crenças I



Sistema de Crenças I

Tudo que nós pensamos e sentimos, consciente ou inconsciente, nós criamos na nossa realidade pessoal. Mais cedo ou mais tarde. Inevitável. Tudo que emanamos volta para nós. Tudo que semeamos, colhemos.

Este é um fato de como funciona o universo. Quanto mais cedo isso for entendido melhor para a pessoa. Tudo na vida está dependendo deste entendimento. Dinheiro, prosperidade, saúde, relacionamentos, etc.. 

Quando algo não vai bem é preciso analisar detidamente qual é o sistema de crenças, paradigma, da pessoa. Pela vida da pessoa dá para saber qual é o sistema de crenças dela. Embora a própria pessoa diga que não sabe quais as crenças que tem, que estão gerando aquela situação. Enquanto se mantiver uma crença errada, que não funciona, o resultado será o mesmo. O sistema de crenças domina completamente a vida da pessoa. É a coisa mais poderosa que existe, para o bem ou para o mal. Para a prosperidade ou para a miséria. Tudo depende dele. Somos um campo eletromagnético que emana e atrai exatamente o que tem em si mesmo. A vantagem é que esse campo é totalmente maleável. Podemos trocar seu conteúdo a qualquer momento, para o positivo ou para o negativo. Basta trocar a freqüência (Hertz) dele. Isso é feito pelos pensamentos e sentimentos. Pelo sistema de crenças. Todos os problemas podem ser criados ou resolvidos, mudando-se a freqüência.

Quando entra a freqüência da Ressonância Harmônica existe a possibilidade de trocar toda essa emanação e resolver todos os problemas. Se o ego deixar. Isto é, se a pessoa deixar. Se ela deixar trocar o sistema de crenças. Essa é a dificuldade. É por isso que atrasa o progresso da pessoa. 

O que está no sistema de crenças ou qual é o sistema de crenças da pessoa?

É tudo que ela acredita. Isso foi colocado por tudo que viu, ouviu e viveu. O subconsciente tira as conclusões do que a pessoa vivencia e grava como uma crença. Um condicionamento. Se a pessoa não analisa e deixa esse condicionamento ele passará a dominar a vida da pessoa. Até que seja revisto e trocado.

Aquelas coisas que sempre se ouve quando criança, tais como:

Dinheiro é sujo, vai lavar as mãos

Dinheiro é pecado

O rico não vai para o Céu

Pobre nasce pobre e morre pobre

Tem de trabalhar como um burro

Nunca teremos nada

E assim por diante. Infinitas possibilidades de gravação de crenças negativas ou limitadoras. Depois que isso está gravado é um programa que dirigirá a vida da pessoa em todas as situações e áreas. Sempre que a pessoa progredir e atingir algum desses limites do sistema de crenças, ele será ativado, problemas surgirão e a pessoa perderá o que conquistou; voltando ao nível antigo. Toda vez que está progredindo a pessoa arruma um jeito de estragar tudo. 

Escuto muitas vezes as pessoas dizerem que não sabem as crenças que tem. Ora, é fácil descobrir isso. Um pequeno questionário resolve isso.

Em que partido você votou?

Em que candidato?

Qual seu time de futebol?

Quem música você escuta?

O que lê?

Qual sua religião? 

Não tem religião?

E a espiritualidade?

É ateu?

Acredita em que?

E o sexo?

Relaciona-se com quem?

Tem dívidas?

Guarda dinheiro?

Gosta de ganhar dinheiro?

Sem culpa?

Gasta sem necessidade?

Progride no trabalho?

Está bem de saúde?

Que doenças tem?

Explora os demais?

Manipula os demais?

Leva vantagem em tudo?

É lógico que a pessoa pode falar uma coisa e fazer outra. É por isso que os fatos da vida da pessoa dizem tudo. Pelo que acontece com a pessoa sabe-se como é seu sistema de crenças.

Agora, existe uma questão fundamental. O Universo é pura consciência. Sendo assim Ele só funciona numa direção. O que se chama: progresso, evolução, bem estar, alegria, felicidade, prazer, crescimento, amor, realização, fraternidade, fazer o bem, amor incondicional, ajudar os irmãos, beleza, etc.. Tudo que é positivo.

O contrário disto não funciona. Qualquer atitude contrária gera problemas, somatizações, etc.. Gera resultados negativos. Isso é um fato. Quanto antes se aprende isso melhor. Normalmente é por tentativa e erro. Só que isso sai muito caro.

Portanto, quando a pessoa fala que está fazendo tudo certo e que não tem resultados, é claro que não está fazendo tudo certo. É óbvio. Em algum ponto existe um problema sério que precisa ser resolvido. Isto é, a pessoa precisa entrar em fase com o Universo. Ela precisa estar pensando/sentindo/agindo de acordo com o Universo. Isso é indispensável. Sem isso não existe solução para nada. 

Para facilitar tudo isso a dois mil anos foi dito o seguinte: “Buscai primeiro o Reino dos Céus e tudo o mais vos será acrescentado”. Essa é uma diretriz perfeita. Pura mecânica quântica. O que a pessoa busca (emana) volta para ela. O foco está totalmente no positivo. Quando se pensa assim não se pensa em dívida, em ganhar dinheiro, em arrumar namorado, em curar doença, etc.. Não se pensa em nada disto. Tudo isso é o acréscimo. Não se tem que pensar nisso. A fórmula é a mais fácil que existe. Perfeita. Basta uma única coisa e o resto vem por si só. Existe uma freqüência para essa atitude. Uma freqüência de: “Buscai primeiro o Reino dos Céus e tudo o mais vos será acrescentado”. Essa freqüência nunca foi pedida até hoje. 

Os pedidos são de: casa/carro/apartamento/concurso/fazenda/namorado/precatório/gerente aprovar cheque especial/etc.. Pede-se o acréscimo que viria automaticamente. E quando se pede isso normalmente é porque o foco está no negativo: dívidas, doenças, necessidades, desespero, culpa, etc.. E com isso atrasa-se demais o trabalho da Ressonância Harmônica. 

Evidentemente que é preciso definir algumas coisas para saber o que fazer. O que é o Reino dos Céus? Sem saber o que é isso não há como buscá-lo. Essa deve ser uma grande dificuldade. O Reino dos Céus é um estado de espírito, um estado de consciência, uma freqüência, um nível de consciência, um estado de paz, harmonia, amor, prazer, crescimento, realização, contentamento, abundância, saúde, evolução contínua, onde se ajuda os irmãos, onde há fusão com o Todo, onde não há limites de forma alguma, êxtase contínuo, estudo sem limites, trabalho sem limites, etc.. Sem preconceitos, sem discriminação, sem ego, sem tabus. Pura doação o tempo todo. É um sentimento oceânico. Difícil de definir em palavras. Tem de sentir. É por isso que dizem que o Tao não pode ser descrito. Se a pessoa não sentir isso é porque ainda não está buscando em primeiro lugar.

Tudo isso pode ser resumido numa atitude: ajudar os irmãos a chegarem a entender isso. Para isso é preciso ajudá-los em tudo. O que também significa não aceitar o mal e não compactuar com ele. Lutar contra a injustiça, contra a exploração, contra a manipulação, agir para que a paz reine na terra e que ninguém passe fome, seja escravizado, abandonado, prostituído, sacrificado, etc.. 

Sugiro que assistam três filmes: A trilogia “Millennium”, a trilogia “O Senhor dos Anéis” e “A Viagem”, que está passando nos cinemas. Depois que assistir sinta o que sente. Qual foi a reação que provocou em você o que viu e ouviu? O que você fará a respeito disto? Entendeu qual a mensagem dos filmes? Esses três filmes darão uma perfeita idéia do seu sistema de crenças. Onde ele está funcionando ou não. Corrigindo o que acredita que é real, mas que não é, tudo funcionará na sua vida.

Portanto, a fórmula é muito simples e poderosa. Basta colocar como prioridade da vida a busca. Isto é, trabalhar pelo Reino dos Céus. Se você acha ou sente que o que estou falando soa como religião, então não entendeu nada do que eu disse. Tudo isso é pura física, pura mecânica quântica, espiritualidade e física são uma coisa só. Por isso é tão difícil resolver os problemas. Por isso é tão difícil mudar o sistema de crenças e assim os problemas se perpetuam. Essa é a primeira crença a trocar: que o mundo material é uma coisa e que o mundo espiritual é outra. Não existem dois mundos. Só existe um mundo. Um Todo.

Repito: existe uma freqüência para o “Buscai...”. É só deixar essa freqüência/ informação entrar e permear o seu ser. Tudo o mais será resolvido.


Hélio Couto
3/2014

Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com




sexta-feira, 8 de junho de 2018

Orai e vigiai



“Orai e vigiai”


A mais próxima dimensão terrestre está habitada por diversos seres do tipo:

Dragões

Magos Negros

Sombras

Vampiros

Artificiais

Etc.

Estes seres negativos trabalham dia e noite nas cidades em que vivem, em cavernas, fortalezas profundamente enterradas na Terra, etc. O objetivo deles é o poder absoluto na Terra. Para isso usam de todo o conhecimento e poder que possuem. A única coisa em que pensam é Poder. São totalmente focados nisso, 24 horas por dia. 

Combatem o tempo todo os emissários do Cordeiro.

Usam todos os meios que podem para controlar os encarnados no planeta Terra. Meios que parecem ficção científica para os terrestres.

O Mestre disse a dois mil anos: “Orai e vigiai”. Porque sabia como é a realidade nua e crua. Quando os humanos baixam a guarda e deixam a própria mente divagar em coisas ociosas, negativas e etc., abrem a porta para as obsessões. É preciso controlar a própria mente o tempo todo. 24 horas por dia. 

Existem inúmeros seres que nos protegem o tempo todo, mas esses seres dependem de que os humanos queiram proteção. É impossível proteger alguém o tempo todo que não quer ser protegido. É preciso pedir proteção. É preciso orar e é preciso vigiar o tempo todo. Fazendo isso os problemas serão mínimos. Ou nem existirão.

Quando os humanos colocam o Amor Incondicional em primeiro lugar eles elevam a vibração da própria aura e isso afasta os negativos. Eles não suportam a Luz. Para isso é preciso pôr a mente no Todo. Estar em união com o Todo sempre.

A Luz sempre vence. O poder do Todo é infinito. Mas, os negativos não entendem ou não aceitam isso.

Vejamos um exemplo de não vigilância: um jovem bebe e usa drogas. Sua mãe sempre procura orienta-lo para o bem, mas ele não escuta. Continua nessa vida com os “amigos” achando que pode viver assim para sempre. As orações da sua mãe e dos amigos verdadeiros estão mantendo-o longe das consequências. Por isso ele acha que nada acontecerá. Nunca teve uma passagem na polícia. Até que um dia ele em estado drogado discute com um “amigo” também drogado e rouba o celular deste “amigo”. É preso e recebe uma condenação de 5 anos e 4 meses. Cumpre a pena numa penitenciária e é solto em liberdade condicional. Sua mãe e parentes continuam ajudando sempre. Começa a trabalhar e parece que se afastou dos “amigos”. Até que um dia resolve beber com eles. É uma sexta-feira e passam a noite bebendo e festejando. Sua mãe pediu que ele não saísse de casa, mas ele foi com os “amigos”. Na manhã seguinte um dos “amigos” fala para dois deles irem comprar bebida no supermercado. E pra pegarem o carro deste que manda comprar bebida. Vão os dois comprar a bebida. O jovem vai de passageiro. No meio do caminho a polícia para o carro. E o carro era roubado. O jovem não sabia disso. Confio no “amigo”. Vai preso e recebe uma pena de 9 anos e 4 meses. Este jovem foi alertado inúmeras vezes para se afastar desses “amigos”. Sua falta de vigilância provocou essa situação. Agora a mãe e todos os parentes sofrem por isso. Imaginem a dor desta mãe se puderem.

Outro caso: atualmente é comum as festas de adolescentes sem que haja nenhum adulto ou pais presentes na festa. Só pré-adolescentes ou adolescentes numa casa sozinhos. Inúmeros pais comentam isso comigo. Essa situação foi posta no filme “A pele que habito” com Antônio Banderas. Nesse filme o diretor coloca até a fórmula química que usam nas drogas que consomem. O “boa noite Cinderela” e outras iguais como o anestésico usado em veterinária. De madrugada a filha liga para a mãe busca-la. A mãe vai e bate na porta da casa. Todos os portões estão fechados. Um jovem atende a porta e manda a mãe esperar na rua. Ela não pode entrar na casa. Esse tipo de situação acabará levando à que consequência?

Outro caso: um filho de 18 anos fala os piores palavrões na frente da mãe. Não existe mais nenhum respeito pelos pais. Quando se fala palavrão emite-se uma frequência extremamente negativa. Essa frequência atrai os obsessores. Abre a porta para a ação desses predadores. Este jovem também está sendo protegido pelas orações da mãe e dos amigos verdadeiros. Só que até quando é possível manter os obsessores afastados se o livre arbítrio do jovem continua falando palavrões. 

Portanto, quando se fala “Orai e vigiai” não é uma carolice de velhinhas que estão fora de moda. É a experiência de toda uma vida que sabe das consequências de não se ligar no Todo.



Hélio Couto

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Fascinante!



Fascinante!

Entre a Terra e a Lua existem inúmeras cidades e colônias no Astral. Na primeira dimensão acima da terceira dimensão terrestre. Esta em que estamos. São cidades enormes e perfeitas em todos os sentidos urbanísticos. Em perfeita harmonia na arquitetura e na natureza. Em traçado urbano, locomoção, casas, edifícios, universidades, etc. Como Platão falou, a vida na Terra é uma sombra da verdadeira realidade. 


Existem colônias e hospitais para todos os tipos de problemas.


Isso tudo está numa frequência (Hertz) acima da frequência desta dimensão. Quem tem olhos, veja! Só lembrando que o átomo astral tem distâncias internas diferentes da desta dimensão.


Para quem tem dificuldade de aceitar isso basta considerar o seguinte:


A Terra é uma bola de rocha girando no espaço na borda da Via Láctea. Nossa galáxia. Tudo que existe na Terra é formado de átomos. Certo? Inclusive seu corpo é formado de órgãos, células, moléculas, átomos, quarks, energia.


De acordo com a Física o Bóson de Higgs é um campo que “dá” massa ao nosso universo. Sem este campo só temos energia sem massa. Para podermos ter um átomo que forma uma molécula que forma as células que formam os órgãos de qualquer ser vivo e que tem massa é preciso que inicialmente a energia receba esse campo que “dá” massa. O que se chama normalmente de matéria.


Portanto, o universo é só energia. Sem massa. Somente quando o Bóson “dá” massa é que passamos a ter matéria. Tudo que existe no universo é só energia. A matéria é “luz congelada” como se fala. Não existe matéria, nem massa. Só existe energia. Neste infinito “mar de energia primordial” é que o universo se formou. Passou a ter massa. Se tirarmos toda a massa do universo, mais a matéria escura e a energia escura, ele volta ao estado de antes. Só energia. A Terra só tem massa porque o campo Bóson deu massa. Senão ela não poderia ser vista no espaço. Estaria no estado de energia sem massa.


Visto isso, tudo que existe na próxima dimensão tem a mesma lógica da nossa dimensão. Somente que os átomos são diferentes. Recebem massa de outra forma. Têm outras constantes cósmicas. Estão numa vibração acima. Da mesma forma que seu rádio tem várias rádios transmitindo em frequências diferentes. Quando está escutando uma não consegue ouvir a outra. Basta trocar de frequência que escuta a outra rádio. No universo é a mesma coisa. Troca de frequência e está em outra dimensão ou frequência. O mesmo universo em outra frequência. Um universo paralelo. Se trocar novamente pode ir para outro universo acima (forma de falar) e assim por diante.


Isto entendido, não há problema em aceitar que existam cidades e pessoas vivendo nesta outra dimensão. Elas estão numa frequência diferente da nossa. Só isso. Claro que tem uma física um pouco diferente da nossa. Nossa massa está “congelada” por isso a física é diferente. Em algo mais sutil a física logicamente é diferente. Por isso, os avanços científicos da próxima dimensão são gigantescos. E parecem ficção científica. Da mesma forma que os humanos de hoje consideram a série Star Trek ficção científica.


Ficou claro? Nós só existimos materialmente (massa) porque tem um campo que nos deu massa. Para “nossos” átomos. Na outra dimensão tem outro campo que dá massa de forma um pouco diferente. Então em última instância não tem nada com massa no universo. Só energia. Mas, nós com massa estamos na terceira dimensão. E os outros na quarta e outros na quinta e assim por diante.


É claro que os habitantes de uma dimensão superior são pessoas do bem. As pessoas que são contra o Todo e contra o Cordeiro, habitam dimensões extremamente materializadas, muito perto da frequência da terceira dimensão. Tão materializados que não atravessam paredes. Não tem a porosidade atômica que permite atravessar paredes da nossa dimensão. São os espíritos que pegam ônibus, táxi, elevador, etc. Estão tão presos na matéria (apegados) que não conseguem se locomover de outro jeito. Esses espíritos negativos trabalham contra o Cordeiro. Contra o Amor Incondicional. Só pensam em poder. E atuam o quanto podem na nossa dimensão.


E ai é que entra a questão da unificação entre ciência e espiritualidade. Sem isso não se consegue entender muita coisa que acontece na nossa dimensão.


Por exemplo: uma lojista percebe que os clientes entram na loja, perguntam e não compram nada. Saem e compram na loja da frente. A partir de um determinado dia isso começou a acontecer. Ela está indo à falência. Pois, não vende mais nada e a outra vende tudo. Se olharmos apenas com o paradigma materialista não acharemos a causa. Ela tem produtos bons, tem preço, atende bem, etc. Não há nada errado materialmente com ela. Só que não compram dela. Se essa pessoa não mudar de paradigma e entender que existe um lado espiritual (outra dimensão) não terá solução a não ser fechar a empresa. O problema real nessa loja é que houve uma magia feita para que ninguém mais comprasse na loja. Havia um ser espiritual na porta afugentando todos os clientes. Por isso eles entravam e não compravam. Quando esse ser negativo foi afastado os compradores voltaram. Quando expliquei isso a primeira vez ela não acreditou, mas quando viu o resultado mudou de ideia. Ela disse que nunca tinha pensado que a causa poderia ser essa.


Não existe mundo material separado de mundo espiritual. Tudo é um continuum com várias frequências. E todos que podem ou conhecem trafegam nestas frequências. Como os negativos estão numa frequência quase materializada (nossa dimensão), eles podem atuar com facilidade. Quantos problemas existem neste mundo cuja causa é de outra dimensão? Mas, para receber ajuda é preciso pedir. “Orai e vigiai”. Sem considerar todas as variáveis não há solução para esse planeta. É preciso mudar o paradigma e aceitar a realidade da vida em outras dimensões. E pedir ajuda.


Um cliente estava fazendo orações sem que ninguém mais soubesse. Um dia teve a oportunidade de conversar face a face com o seu obsessor e o obsessor disse para ele não fazer mais as orações porque estavam atrapalhando. O cliente teve a prova que queria.


Existe solução para todos os problemas deste planeta, mas é preciso mudar a forma de ver o mundo. Mudar internamente e aceitar a ajuda. Sem mudar internamente nada mudara. Mudar internamente é mudar os pensamentos, sentimento e atos. Voltar-se para o Todo. Os negativos só podem atuar se não existe vigilância e oração. A pior situação é quando se une a maldade dos negativos com o pior do ser humano encarnado. É nesse ponto que a crueldade não tem limites. Caso queiram saber até onde o ser humano é capaz de chegar estudem a Guerra do Ópio na China em 1840.


É nesse ponto que entra a unificação entre a Ressonância Harmônica e a Igreja Cristã de Aton. Essa é uma união sagrada e um trabalho sagrado. Sem essa unificação fica-se apenas com um lado do problema. E é muito difícil resolver problemas vendo-se só um lado do problema.


Lembram-se de que o extraordinário técnico de basquete Phil Jackson escreveu um livro chamado: “Cestas Sagradas”? Pois é. Existem duas formas de jogar basquete: uma materialista e outra sagrada. É o mesmo jogo, mas o resultado é diferente. E o que mudou? A atitude de quem joga. Quando a vida é vista como sagrada o resultado é outro.


Neste ponto é preciso esclarecer outra coisa. Quando se tira uma frase do contexto ou não se entende que é uma metáfora, o significado passa a ser outro radicalmente diferente.


«Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. » (Mateus 10:34-39)


Este trecho do evangelho tem sido usado para divulgar que o Mestre propunha a violência. Nada mais contrário à verdade do que isso. O que Ele disse foi que quando a Boa Nova fosse divulgada haveria resistência em aceitar o novo paradigma. De Amor Incondicional. Sempre que se procura expandir a consciência encontra-se resistência. Todos que já tentaram explicar a Mecânica Quântica para outras pessoas perceberam isso. A resistência que existe em aceitar que não existe nada sólido e sim ondas. E que tudo é onda e matéria ao mesmo tempo. Etc. Isso em se tratando de um assunto de física, provado em laboratório e com todos os produtos de eletrônica que existem hoje no mundo. E mesmo assim resistem aos fundamentos do porque o celular da pessoa funciona. Mas, ela continua usando o celular!


Se quiserem outro assunto que trará imensa resistência é o trabalho de John Nash, Prêmio Nobel de Economia de 1994. Ele provou que a “mão invisível” que rege o mercado não é a melhor maneira de organizar a economia. A colaboração é a melhor maneira. Não a competição. A “mão invisível” é impossível de funcionar numa plutocracia. E mesmo que não fosse desse jeito, a melhor forma é a colaboração. Em que todos cedem para o melhor para todos. Isso está provado. Divulgue que Adam Smith está errado e veja o resultado. Só avisando: o mundo inteiro está organizado em torno de Adam Smith, portanto, muito cuidado com as reações.

Está claro que o Mestre usou uma metáfora? 

Nesta semana Spock passou para a próxima dimensão.

Obrigado Leonard Nimoy.

Longa Vida e Prosperidade!


3/2015
Hélio Couto
www.heliocouto.com

sexta-feira, 18 de maio de 2018

O que está por trás


O que está por trás


Os vulcanos são famosos pela sua lógica. Tudo no planeta é pautado pela lógica. Desde a vida particular até as questões com outros planetas. Esta lógica foi conseguida reprimindo-se as emoções. No passado foram uma espécie violenta e quase desapareceram. A solução que encontraram foi reprimir as emoções e ficar só com o mental. Essa é a razão de darem tanta importância à lógica.

A questão aqui é que lógica não é uma coisa exata. Quando se fala de lógica pensa-se em matemática e parece que se algo tem uma aparência lógica é porque deve estar certo. A questão é que lógica tem níveis. Quanto maior a capacidade de abstração da pessoa mais profunda é a lógica que ela acessa. Quem não estudou assuntos abstratos tem uma capacidade limitada de chegar à uma conclusão lógica. Quem pensa em termos abstratos consegue uma capacidade lógica maior e assim por diante. Exemplo: vamos construir uma casa. Quanto gastaremos de tijolo, cimento, cal, areia, ferro, etc.? Vamos escrever um programa de computador muito complexo, que levará horas e horas só pensando na estrutura do programa? Experimente fazer o cálculo acima e sentirá o grau de dificuldade se não houver desenvolvido um raciocínio abstrato. Vejamos o caso do bar de balada: o raciocínio do dono deveria ser lógico para ele. Se ele conseguir encher de gente no bar, mesmo com portas abertas, sem pagar para entrar, sem consumação, com música ao vivo, dará lucro. Mesmo que tenha um outro bar em frente com preços mais baratos. Mesmo que tenha de pôr mesas na calçada. Mesmo que tenha de pagar os músicos todo fim de semana. Na mente dele daria lucro. O bar fechou em dois meses. Quando teve de pagar o segundo aluguel. O dono do bar deve achar que era um raciocínio lógico. Mas, quem analisa as condições vê que a situação era muito difícil. E foi o que aconteceu.

Portanto, lógica depende de quem está pensando. Uma pessoa que dirija um planeta pensará de forma muito diferente, pois a quantidade de variáveis que tem de considerar é gigantesca. E se uma única variável ficar de fora o resultado pode ser desastroso. 

Todo ser em alguma época da vida reprime sentimentos e emoções. Exatamente como os vulcanos. Freud dizia que tudo que é reprimido passa a dominar. Os vulcanos são obcecados pela lógica e pela repressão dos sentimentos e emoções. Acontece que essa repressão cria um escudo, uma couraça, na pessoa. Um escudo no corpo emocional. Todos temos 7 corpos. Um deles é o emocional e outro é o mental. Os vulcanos ficaram praticamente com o corpo mental só. Quando uma pessoa faz isso ela “engessa” o corpo emocional. Ela não sente quase nada. Não há como entrar amor assim. Não há como sentir amor incondicional assim. O corpo emocional está traumatizado pela couraça levantada. Para que esta pessoa comece a progredir na vida é preciso que desfaça, dissolva essa couraça. Essa couraça não pode ser dissolvida com o mental, com a mudança de crenças por exemplo. O que está no corpo emocional tem de ser tratado de forma emocional. É assim que a cura emocional acontece. É por isso que a catarse é emocional. Ela afeta as emoções e sentimentos. É por esta razão que uma pessoa troca a crença e continua tendo o mesmo resultado. Porque não mudou emocionalmente e sem limpar o emocional não há forma de progredir realmente.

Para não mexer no emocional uma pessoa pode fugir de inúmeras formas. Toda fuga da realidade é uma fuga do sentir. Fuga dos sentimentos e emoções. Fuga para manter o emocional do jeito que está. Pensa-se que se mexer no emocional terá sentimentos e tendo sentimentos sofrerá. O problema é que quando se paralisa o emocional o sofrimento já está instalado. É lógico que aqui entra a zona de conforto. Sofrimento conhecido é melhor que sofrimento desconhecido. Por isso a manutenção do status quo tem tanta importância neste planeta. Por pior que se esteja ainda há resistência em mudar.

Para poder limpar o corpo emocional é preciso começar a sentir que sente. Aceitar os sentimentos. Trabalhar com eles. Integra-los e libera-los.

O que fazer enquanto se espera? O tempo de espera é um tempo precioso para se auto analisar os sentimentos, as emoções, as crenças, a vida, etc. Essa introspecção é indispensável. Olhar para dentro e procurar ter o máximo de autoconhecimento. Autoconhecimento é poder. Quanto mais a pessoa se conhece mais poder ela tem. Poder sobre si mesma e poder sobre a própria vida. Quanto mais conhecimento mais capacidade de administrar o entorno. Uma pessoa capaz de prever uma crise econômica pode tomar as decisões corretas para prevenir um mal maior. Quem não enxerga a crise vindo terá grandes perdas evidentemente. Então autoconhecimento e conhecimento é dinheiro no bolso. Quanto o dono do bar perdeu por não avaliar corretamente a situação? E isso vale tanto para um bar como para uma enorme empresa. Basta ler os jornais e ver o que acontece no mundo.

A que conclusão a pessoa chegará depois de pensar bastante sobre a própria vida? Que é preciso desfazer o escudo, a couraça. Mais cedo ou mais tarde isso terá de ser feito. A couraça provoca somatizações. A repressão inevitavelmente provoca problemas. É preciso deixar-se sentir. E o sentimento que no final virá será o amor. Porque este é o sentimento que é o universo. A base de tudo o que existe. Qualquer um que cave fundo em si mesmo chegará nele. E é disto que se foge.

O outro lado da moeda é aparentemente não reprimir nada. O que parece que não é repressão. A pessoa que não reprime nada é aquela que encontrou uma forma mais sutil ainda de reprimir. É a fuga perfeita. Dando vazão a tudo consegue-se fugir de sentir amor incondicional. E quando se foge do amor os problemas são inevitáveis.

Como sempre o caminho do meio é o melhor. Trabalhar para dissolver a couraça e sentir amor.

Soltar, dissolver a couraça, amar incondicionalmente, doar, servir, ajudar, parecem coisas que fazem com que se perca alguma coisa. Este é o pensamento dominante no planeta. Se a lógica for apenas em função da vida terrestre isso parecerá verdade. Mas, se a lógica incluir a vida nas outras dimensões a conclusão será outra. Totalmente diferente. É assim que a pessoa enxerga que soltar é ganhar, dissolver é a felicidade, amar é o único caminho, doar é ganhar, etc.

Atrás de tudo que existe está o Amor Incondicional.

Hélio Couto

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Catarse II



Catarse II

Quando a pessoa viveu a vida toda dentro do Matrix sem saber que estava dentro dela e um dia descobre isso o choque é muito grande. Dentro da Matrix não temos ideia de que existe um outro mundo “lá fora” e que a Matrix é uma construção mental onde estamos aprisionados sem saber que estamos.

O primeiro sentimento é de perplexidade por descobrir que existe uma outra realidade muito melhor que a Matrix.

Em seguida vem a alegria da descoberta de um “novo mundo” e da liberdade de pensar. Como já disseram: livre pensar é pensar.

Normalmente haverá uma catarse, uma limpeza forte com choro profundo e uma alegria transbordante pela libertação. Esse período é o que Stanislav Grof chama de “Emergência Espiritual”. Recomendo o livro “A aventura da autodescoberta” e todos os demais dele.

Para algumas pessoas pode parecer que vão “enlouquecer”, mas é simplesmente a expansão da consciência “enxergando” a realidade. E a realidade é o Todo. O Todo é tudo que existe. E uma parte dele, a Centelha Divina, está dentro de cada ser. Descobrir a realidade última é descobrir a Centelha. E isso traz alegria infinita para nós. E essa alegria transborda por todos os poros. E é nesse ponto que somos agentes da transformação para que tenhamos uma planeta onde o Reino do Todo possa ser vivenciado.

Todos que estão passando pela Emergência Espiritual podem ficar tranquilos que esse período passa e depois vem a paz da união com o Todo.

Hélio Couto
2014
Ressonância Harmônica: www.heliocouto.com/ressonanciaharmonica

Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Dívidas IX



Dívidas IX


Já falamos que crédito é divida porque clientes me pediram que explicasse isso para as pessoas. Quando elas tomam crédito estão fazendo dívidas.


Agora é preciso explicar que manutenção é dívida.


Quando compramos um carro financiado temos dívida.


Quando compramos um apartamento financiado temos dívida.


Quando temos de pagar o condomínio do apartamento é divida.


Quando temos um seguro saúde é divida.


Quando cursamos uma faculdade paga é dívida.


Quando compramos qualquer coisa financiada é dívida.


Etc.


Isto não pode ser classificado como “manutenção” e termos a ideia de que “temos” de ganhar dinheiro de qualquer jeito, porque não fizemos dívidas; só temos a “manutenção” para pagar. E acreditar que “manutenção” não é dívida é um erro tremendo. E todo erro sai caro!


Todos os compromissos que nós criamos são dívidas. Nós CRIAMOS os compromissos que são dívidas. Ninguém é obrigado a comprar um apartamento que não pode pagar, nem um carro que não pode pagar e assim por diante. É a pessoa que cria essas necessidades e depois põe uma pressão insuportável sobre Deus para que ele traga o dinheiro para pagar os compromissos que elas criaram.


E vocês sabem que toda vez que se põe pressão o resultado não acontece. Quanto maior a pressão menor o resultado. Pressão interna, na nossa mente. Chama-se ansiedade isso. Não é preciso por pressão nos clientes, basta por pressão em si mesmo, com aqueles sentimentos de que tem de aparecer o cliente, tem de faturar, tem de melhorar, tem de ganhar mais ou a esperança de que as coisas melhorarão, mês que vem será melhor, agora a coisa vai, o carnaval já passou agora melhora e assim por diante. Esperanças, ilusões e pressões.


Todo empresário e profissional liberal sabe que não tem faturamento fixo, que não tem salário e por isso precisa administrar muito bem os compromissos que cria para pagar. É por isso que são poucos os empresários e autônomos. Porque essas pessoas têm de entender muito bem como funciona o universo para poderem continuar sendo empresários e autônomos. Um funcionário sabe que seu salário vem no final do mês e não põe pressão em cima do patrão. E o salário vem. Caso o funcionário pressionasse o patrão para saber se realmente ele pagará o salário no final do mês e fizesse isso todo dia, ele seria demitido para que o patrão pudesse trabalhar em paz e ganhar o dinheiro para pagar o salário dos funcionários. É a mesma coisa com o universo. Se pressionarmos o tempo todo não teremos os recursos porque o universo funciona exatamente como nossa mente funciona: eletromagnetismo. Tudo que pensamos e sentimos volta para nós. É atraído queiramos ou não. O que temos de fazer: pensar e sentir com confiança absoluta. Deus não é patrão. Deus ama. É totalmente diferente. Ele não precisa ser pressionado, nem cobrado. Antes que se peça Deus já sabe o que precisamos e já está providenciando. E Deus já pôs Ele mesmo dentro de todos para evitar que precise ser cobrado o tempo todo. Cada um tem a Centelha Divina dentro de si e é um co-criador. Portanto, um co-criador não precisa ficar pedindo, implorando ou pressionando. Um co-criador só agradece.


Quando Lao Tsé escreveu o Tao Te King ele quis explicar isso. Ação através da não-ação. Basta acompanhar o fluxo do universo. Ele não quis dizer que devemos ficar sem fazer nada e que tudo cairá do céu. Essa interpretação do Tao que muitos fazem é por conta e risco de quem faz. Não foi isso que ele disse. Existe um significado profundo no que ele disse. A não-ação é entregar-se nas mãos de Deus (para falar de um jeito ocidental) e trabalhar tudo que for possível. Fazer a nossa parte que o resto vem por acréscimo. Trabalhar o máximo possível. Estudar o máximo possível. Fazer tudo que for possível para progredir. A não-ação é estar em fluxo com Deus. E como Deus age? Sem parar. Ele trabalha o tempo todo, mas com ordem. Vejam a velocidade de vibração de um átomo e terão uma idéia do quanto Deus trabalha. Portanto, o universo está em movimento intenso o tempo todo. Tudo vibra o tempo todo. Está claro que Deus já está como sempre esteve, trabalhando sem cessar? Ele não precisa ser cobrado nem pressionado para que paguemos a “manutenção”. Nós não devemos criar despesas que não podemos pagar e depois por a cobrança em cima de Deus. Prudência é uma coisa que todos devem ter antes de criar necessidades e manutenções. 


O quanto a pessoa consegue administrar de ansiedade? Esse número é a chave do que a pessoa pode criar de necessidades e manutenções. Se a pessoa tem uma mente que pode administrar sem problemas uma dívida enorme então pode fazer a dívida. Mas se ficar preocupada com o pagamento então não pode fazer a divida. Se consegue viver em paz com um valor x de compromissos então não tem problema, mas se ficar tensa com esse valor então não pode. É por isso que existem empresários que fazem negócios de bilhões sem se estressar e outros que por uma migalha ficam desesperados para faturar e ai não faturam. Porque na hora que puser pressão não conseguirá faturar.


Portanto, se a pessoa consegue viver em paz e harmonia com um determinado valor de compromissos não há problema. Mas, se não consegue viver em paz e harmonia com isso, então não deve fazer dívidas que a impeçam de viver em paz e harmonia.

Hélio Couto
2013
Site: www.heliocouto.com
Vídeos: www.cursosheliocouto.com.br
Ressonância Harmônica: www.heliocouto.com/ressonanciaharmonica


Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Evolução II



Evolução II

Quando uma pessoa está fazendo a RH e está em catarse é normal que esteja tendo oscilações na sua vida. Tudo está mudando e limpando. Os negócios podem oscilar, pode mudar de emprego, mudar de casa, etc.. Isso quer dizer que a pessoa está com problemas? Não. Pelo contrário. Está mostrando que os problemas estão sendo solucionados e ela esta evoluindo. Pode-se notar que a pessoa melhora sempre embora a vida possa estar meio turbulenta às vezes. Se parar para olhar a vida dela perceberá que está melhorando consistentemente. Como resolver n problemas sem mexer em tudo isso? É claro que no inicio parece que não está acontecendo nada melhor, porque está tudo de pernas para o ar. É como quando a faxineira chega no dia de trabalho. A casa está uma sujeira só, ela revira os móveis, tira o tapete do lugar, põe toda a sujeira pra fora para limpar... No fim do dia tudo está no seu devido lugar e limpo. Essa é a metáfora de uma catarse. Portanto, meu amigo, se está vendo que ela está com grandes mudanças na vida é porque ela está melhorando. Daqui a um tempo não terá mais problema de casa/carro/apartamento e ai vem a seguinte pergunta: E agora? O que dirão?

Quando uma cliente que está com tudo correndo bem na vida fala da RH para alguém, sabe o que dizem como desculpa? “Isso é com você, comigo não funciona”! Então vejamos, se é alguém que ainda não conseguiu casa/carro/apartamento é porque a RH não está funcionando e se é com alguém que já conseguiu é porque com ela não irá funcionar! Vejam que sempre há como arranjar uma desculpa para não evoluir.

Como perceber que uma pessoa está numa vida de ilusão se todos à sua volta também estão? Esse é o problema da humanidade. Todos são considerados normais porque todos agem e pensam da mesma forma. Aquele que despertou é que é o “problema”.

Todo ser humano faz projeção do que tem dentro de si. Enxerga no outro de acordo com o que tem dentro da sua personalidade. Esse é um grande problema nas relações humanas. Todos devemos tomar o cuidado de não nos contaminarmos quando tivermos contato com o mal. Esse é o grande desafio quando se trabalha para melhorar a humanidade.


Hélio Couto
Desde 1994

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Ressonância Harmônica e Alquimia I



Ressonância Harmônica e Alquimia I

O resultado destes dois trabalhos é exatamente o mesmo. Pode-se chamar de catarse, limpeza, calcinatio ou solutio o que acontece quando se começa um trabalho de evolução espiritual.

Para que possa haver realmente um progresso em qualquer área é preciso limpar tudo que é negativo. O que é negativo? É tudo que vai contra os objetivos do Todo. Isso é uma coisa óbvia por si só. O Todo é o universo, é tudo o que existe, é a base de tudo, é a essência de tudo, é o fundamento de tudo, é a Onda Primordial, o Oceano Primordial, a Energia Inteligente ou qualquer outra designação que se queira dar. Toda ação que contradiz o desejo do Todo está fadada ao fracasso e a trazer dor e sofrimento para quem a faz. Se o Todo é o fundamento de tudo a coisa menos inteligente a fazer é ir contra Ele. Temos um fato consumado que é a existência do Todo e como Ele pensa. Estamos dentro Dele e não há como sair. Os negativos só podem se opor e isso à duras penas. E não é castigo o que sofrem. Se a pessoa vai contra a Lei da Gravidade ela pode achar que isso é castigo?

A Onda que porta a RH é o próprio Todo. Não existe nada que não seja Ele. Portanto, qualquer habilidade que se queira tem de ser “empacotada” numa onda do Todo. E a pessoa recebe mais ainda do Todo. E o Todo quer que sejam benevolentes. E aí começa o problema e a resistência. E a Calcinatio. Os alquimistas descobriram como funciona depois de séculos de experimentação. Eles não estavam fazendo química! Estavam fazendo metafísica e psicologia profunda. E descobriram exatamente como o universo funciona. Por isso codificaram o conhecimento, pois naquela época era muito perigoso falar que o Todo existe. Foram prudentes e deveriam sê-lo. Isso chama-se sabedoria.

A RH transfere a informação junto com a benevolência. Isso já foi explicado detalhadamente nas palestras. A cada vez que a pessoa faz a limpeza isso é aprofundado e novas camadas são acessadas para limpar. Até que a pessoa está totalmente transformada. Feliz e próspera. Até lá é um caminho que pode ser curto ou longo dependendo da resistência em ceder o ego. Em soltar o ego que não quer de forma alguma a limpeza. Os alquimistas entenderam que a calcinatio é inevitável e acontece de qualquer forma de um jeito ou de outro. Escreveram longamente sobre isso e Jung decodificou tudo o que falaram e expôs em seus livros. Está lá para quem tem olhos e ouvidos! 

A questão é: quem quer saber de calcinatio? Quem quer limpar tudo que tem de negativo? Quem tem o ego forte para fazê-lo? Porque uma coisa é ego forte e outra é egocentrismo. Gandhi tinha um ego forte para poder enfrentar o que enfrentou e vencer. Ele colocou o ego à serviço do Todo e para fazer isso é preciso ser muito forte. O outro lado da moeda é o egocentrismo que quer substituir o Todo por si mesmo. São coisas completamente antagônicas. É preciso ser muito forte para fazer o que o centurião fez no filme “Ressureição” ou que Grace fez no filme “Grace de Mônaco”. Para soltar é preciso ser muito forte. Ou para fazer o que John Nash fez.

A calcinação acontecerá anos após ano, século após século, até que o trabalho esteja terminado e uma nova pessoa seja realidade. O livre arbítrio existe dentro da calcinação. Pode-se ir contra a calcinação o quanto se quiser ou quanto tempo se quiser. Não há problema. O tempo é eterno e as situações também. Pode-se experimentar o que se quiser, mas a calcinação estará em andamento. É como fazer paçoca no moedor. Inúmeras vezes a paçoca será moída até que esteja pronta. E os alquimistas falaram claramente sobre moer a farinha até que fique no estado ideal. A energia terá de ser limpa de qualquer forma. Da Onda Primordial aparece o Bóson de Higgs e dele surge o Quark, e dele o Próton que junta com o Elétron se torna o Átomo, moléculas, células, órgãos e seres. Tudo isso está na dependência da Energia Primordial, o Todo. Essa energia congelada precisa ser limpa de todos os pensamentos e sentimentos negativos para que possa unir-se novamente ao Todo. Entrar em fase com Ele. Para isso a calcinação acontece. Lentamente, milênio após milênio, até que o ser decida que o melhor para ele é voltar-se para o Todo. O Todo é benevolente e espera o quanto for, mas a pessoa está criando problemas e sofrimentos para si mesma sem necessidade. E isso é como o Tao, difícil de explicar, tem de ser vivenciado. Somente experimentando que o Todo é benevolente é que a pessoa entenderá isso. Senão fica parecendo teoria e conversa fiada. E só vivenciando a pessoa aprenderá isso e é por esta razão que são preciso milênios para que entenda isso.

Em vez de precisar de tanta calcinação não seria mais lógico usar um método indolor? Um método que faz a limpeza gradualmente sem necessidade de sofrer? A limpeza pode ser feita da forma mais fácil possível. Para isso existe a Solutio. O Todo deixou as opções em aberto. Ou pelo amor ou pela dor, mas não foi o Todo que criou a dor. Foi o próprio ser que criou isso para si mesmo. Não há necessidade de dor para evoluir. A evolução acontece pela alegria de servir ao Todo. Dor gera ressentimento e não leva a nada. Somente a alegria resolve tudo. E alegria não tem fim. Basta optar por ela. Toda a negatividade pode ser dissolvida pela solutio com o amor infinito do Todo pelo ser. Apenas é preciso deixar o Todo trabalhar e para isso é preciso soltar o ego e confiar no Todo. Confiar cegamente. Caso contrário a pessoa cairá na situação da pessoa que disse que não ora porque não sabe se a vontade do Todo é igual à dela! Portanto, é possível limpar facilmente e é o que a RH propõe. E isso é física. Esse é o objetivo, o resto é consequência. 

Como o tempo passa as técnicas também mudam. Séculos atrás os alquimistas fizeram o trabalho deles. Jung decodificou. Agora é preciso uma abordagem tecnológica para a evolução e para isso uma onda pode ser transferida fazendo a solutio. Mas, sempre existe o livre arbítrio e a calcinatio sempre estará em andamento. Quando a pessoa fez a solutio não precisa mais da calcinatio e passa para o próximo procedimento. Sem dor e sem sofrimento. E com alegria infinita. Ajudar é optar pela solutio. A lógica dos procedimentos é infalível. Pela razão se pode chegar lá. Basta estudar com isenção de ânimo. Estudar para aprender e quando perceber que o que está lendo é verdade mudar de opinião. Evoluir. Saltar. Soltar. Existe abundante literatura sobre isso, mas não precisa de centenas de livros para entender a alquimia. Apenas a opção pelo Todo.

Hélio Couto
Desde 1994
Vídeos: www.cursosheliocouto.com.br





Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares

Marcadores